Qual vídeo/vlog vocês querem no canal do youtube?

Pesquisar este blog

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Google Analytics

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de Análises Clínicas, formada em técnico em farmácia, técnico em química e atualmente maquiadora profissional, aquariana, 27 anos, adora escrever, adora livros, Potterhead.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.
sexta-feira, 28 de outubro de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Comigo tá tudo bem, sei que ando sumida mas como sempre é a correria do dia a dia, estou tentando postar pelo menos uma vez por semana mas está complicado.

Bom vamos ao post de hoje: Dreamers. Mas o que significa essa palavra? Essa palavra significa sonhos, isso mesmo, sonhos.

Cada um de nós temos sonhos em nossa vida, como por exemplo cursar uma faculdade, conhecer um ídolo, ter um celular moderno, um computador, enfim todos nós temos sonhos na vida, mas daí tal vez você deva estar se perguntando: Será que um dia vou conseguir realizar meus sonhos? É eu tenho a solução dessa pergunta para você. Sim sonhos são possíveis de se realizar, basta você ter primeiramente fé e também muita persistência, lutar por aquilo que você tanto busca, tanto almeja que sonhos são possíveis de se realizar.

Já realizei alguns sonhos, mas 3 deles ainda não. Meu sonho de conhecer meu espelho, Merula, se realizou; meu sonho de fazer um curso de maquiagem se realizou; meu sonho de ter uma bombinha crono se realizou.
Mas como disse anteriormente, 3 deles ainda não se realizaram, e quais são?

1- Ganhar uma bolsa para cursar medicina
2 - Conhecer Londres
3 -Conhecer o cantor Daniel


Sou formada em técnico em farmácia, sou maquiadora profissional e atualmente estou cursando técnico em química, mas meu sonho sempre, sempre foi ser médica hematologista pediátrica e creio que um dia vai se tornar realidade, creio que um dia isso vai acontecer, eu acredito que um dia vou realizar esses sonhos, tudo é possível para Deus, como disse antes, basta acreditar e lutar para então conseguir realizar o sonho que tanto almeja para sua vida.


Beijinhos e até o próximo post

Fernanda Rebeque Rebello
segunda-feira, 3 de outubro de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo, estou muito feliz porque o blog está crescendo, só tenho a agradecer a vocês queridos leitores, muito obrigada por tudo. Sei que estou sem postar a uns dias, mas a partir desse mês terá postagens pelo menos uma vez na semana, mesmo tendo centenas de coisas para fazer do meu curso, irei achar um tempinho para estar sempre atualizando vocês. Sei que estou devendo voltar com o canal do blog, logo voltarei com o canal do blog, estou me organizando para voltar com o canal ainda esse mês, gostaria de pedir imensamente sugestão de vídeos a vocês, qual vocês querem ver primeiro? Por favor, deixem nos comentários abaixo, provavelmente farei uma enquete.

Vamos a postagem de hoje.

    Nas pessoas com beta talassemia maior, a esplenomegalia maciça desenvolve-se precocemente, secundária ao aumento da taxa de destruição das células vermelhas e pela presença da hematopoiese extramedular esplênica, podendo acarretar o quadro clínico característico do hiperesplenismo, com encurtamento da sobrevida das hemácias, piora da anemia e/ou de outras citopenias.
    Pode ser reversível a esplenomegalia devido a períodos de transfusão de forma inadequada com níveis baixos de hemoglobina. Antes de se considerar esplenectomia, o paciente deve ser colocado em um programa de transfusão adequado para vários meses, de forma a inibir a eritropoese extramedular e, então, ser reavaliado
    A esplenectomia deve ser evitada em crianças com menos de 5 anos de idade devido a um maior risco de sepse pós-esplenectomia fulminante, mesmo com antibioticoterapia profilática. A esplenectomia nessas pessoas está indicada quando há aumento de 50% ou mais do requerimento transfusional em um ano. Assim, alguns autores levam em consideração o volume anual de concentrado de hemácias transfundido e geralmente indicam a esplenectomia quando são utilizados volumes superiores a 200 a 220 ml/kg de concentrado de hemácias com hematócrito de 70% ou 250 a 275 ml/kg com hematócrito de 60%.
    Esse procedimento cirúrgico propicia a redução do requerimento transfusional. Pode-se considerar na indicação também a presença ou não de sobrecarga de ferro. Se a quelação de ferro for eficaz, apesar do aumento da necessidade transfusional, a esplenectomia pode ser evitada. Nas pessoas com talassemia intermediária, a esplenectomia geralmente é capaz de elevar os níveis de hemoglobina em 1 a 2 g/dL, embora o benefício geralmente seja transitório.
    A decisão sobre o método empregado para a realização da esplenectomia deve ser avaliada individualmente, considerando-se os riscos e benefícios de cada procedimento.



FONTE: LIVRO ORIENTAÇÕES PARA O DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DAS TALASSEMIAS BETA
PÁGINA: 115



sexta-feira, 9 de setembro de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo, sei que sumi de novo, mas minhas aulas voltaram e com elas o estágio, estava uma correria só e ainda está, mas prometo que vou me dedicar mais ao blog e ao canal, sei que estou devendo alguns vídeos para vocês, mas prometo que muito em breve o canal vai entrar nos eixos. Peço a vocês que deem sugestão de postagens para o blog e também sugestão de vídeos para o canal. Agradeço desde já por todas as visualizações no blog e os inscritos no canal, obrigada por fazerem parte do crescimento do blog e do canal.

Bom, o post de hoje foi uma sugestão de um familiar de paciente com talassemia, agradeço imensamente pela sugestão.

    Embora a fertilidade espontânea possa ocorrer em pacientes devidamente tratados com transfusão e quelação de ferro e que tiveram puberdade espontânea, a infertilidade devido ao hipogonadismo hipogonadotrófico consequentemente à hemossiderose transfusional é uma realidade. Concentração hepática de ferro leve a moderada (de 3 a 9mg/g) não elimina o risco de problemas reprodutivos. Assim, pessoas com talassemia beta maior podem precisar de técnicas de reprodução assistida (TRA). A correta adesão à quelação de ferro desde muito jovem pode manter a secreção hormonal e a fertilidade.
    A gravidez na talassemia beta maior é considerada de alto risco tanto para a mãe quanto para o bebê, de modo que deve ser planejada e ter seguimento em conjunto com hematologista, o especialista em medicina reprodutiva, o cardiologista, o obstetra e o enfermeiro. Além das complicações específicas da esplenectomia e anticorpos autoimunes. Gestações de mulheres sem comprometimento cardíaco e tratadas com intensificação de quelação de ferro antes de engravidarem geralmente evoluem bem.
    As mulheres com talassemia beta intermediária são potencialmente férteis e têm o eixo hipofisário-gonadal intacto. A gestação também é considerada de alto risco, porque tais mulheres apresentam risco trombótico aumentado e precisam de transfusão durante a gravidez.

    Manejar a fertilidade na talassemia beta maior é complexo. Inicialmente, devem-se definir qual é a melhor conduta a ser tomada em cada pessoa individualmente, como reposição de hormônios sexuais, administração de gonadotrofina exógena ou intensificação da transfusão e da quelação de ferro. A TRA é uma opção de tratamento, como inseminação intraútero para infertilidade masculina grave ou em casos de falhas repetidas e sem explicação de fertilizações in vitro.
    Entender bem os riscos associados à indução de fertilidade e gravidez é importante antes de se iniciar o tratamento de fertilidade. A mulher deve ser avaliada quanto à disfunção cardíaca e/ou hepática e à transmissão vertical de vírus, com a realização de exames de ressonância nuclear magnética com medida T2* cardíaco e hepático, transaminases, função hepática e sorologias para vírus da imunodeficiência humana e hepatites B e C.
    Apesar do hipogonadismo hipogonadotrófico, a função gonadal está intacta na maioria dos pacientes, indicando que a ovulação nas mulheres e a espermogênese nos homens podem ser induzidas ela gonadotrofina exógena. Diabete melito e hipotireoidismo interferem no tratamento de fertilidade, de modo que também precisam ser tratados. Nos estágios precoces de hiogonadismo, a indução da ovulação pode ser feita com hormônio liberador de gonadotrofinas (Gn-RH) pulsátil. Porém, a maioria das pacientes com hipogonadismo hipogonadotrófico é apulsátil, tem gônodas funcionais e pode, então, se beneficiar da terapia gonadotrofina de mulheres menopausadas e gonadotrofina coriônica humana (hMG/hCG), com uma taxa de sucesso de 80%.
    Pacientes com danos endometriais ou nas trompas de Falópio respondem melhor aos programas de fertilização in vitro. Devido aos possíveis riscos do procedimento de indução da ovulação, como síndrome de hiperestimulação, gravidez múltipla, gravidez ectópica e aborto espontâneo, o tratamento deve ser feito por uma equipe de especialistas em reprodução.



FONTE: Livro Orientações para o diagnóstico e tratamento das Talassemias Beta/ Ministério da Saúde 2016
PÁGINAS: 75 e 76


sexta-feira, 12 de agosto de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês?? Em breve mais novidades!!

Pessoal preciso muitoooooo a ajuda de vocês, estou participando de uma promoção do dia dos pais e a foto mais curtida ganha, não custa nada, basta você clicar no link que deixarei aqui e deixar sua curtida na foto, me ajudará muitooooooooo!!

Conto com vocês, muito obrigada por tudo!!

https://www.facebook.com/MaringaFm/photos/a.1087669807989771.1073742079.137959926294102/1088517377905014/?type=3

Muito obrigadaaaaaaaaaa desde já
terça-feira, 28 de junho de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês?? Eu estou bem graças a Deus, sei que estou a um bom tempo sem escrever, mas como sempre é a correira do dia a dia, semana de prova, trabalho pra fazer, muita correria....tenho algumas novidades para contar, mas vou dizer só uma por enquanto: minha ferritina baixou, estava 1359 há três meses e agora está 538, fiquei muito feliz com esse resultado!! Lembram que dei aqui a dica do chá preto?? Então, não pode substituir a água que ingerimos durante o dia pelo chá, a água é muito importante para o nosso organismo, o chá é recomendado tomar de 1 a 3 xícaras por dia, como não consigo tomar muita, tomo 1 xícara por dia. Essa dica do chá preto está funcionando muito bem para mim, não custa tentar né?? Tentem essa dica e depois me conta se funcionou ou não com vocês.

Bom, sem mais alongar o assunto, vamos ao assunto de hoje: Dica receitinha ara hidratação.

Esses dias eu e minha mãe estávamos procurando umas dicas na internet para hidratar o rosto e encontramos uma que é incrível, funciona muito!! Não lembro o site que encontramos essa receitinha, mas assim que lembrar deixarei aqui como referencial, então lápis e papel e bora anotar tudo direitinho

Para essa receitinha de hidratante caseiro você vai precisar de:

- Pomada Bepantriz ou Bepantol
- Pomada Hipoglós
- Arovit ou Cetiva AE

Como fazer (usar): Primeiro você coloque na palma da mão uma pequena quantidade de bepantol, ou bepantriz, a quantidade mais ou menos é do tamanho de 1cm, do lado coloque a mesma quantidade de hipoglós, se você não curte o cheiro dessa pomada, recomendo que compre a hipoglós amendoas. Depois de colocar as pomadas, chegou a vez da vitamina. A arovit é uma ampola de vitamina A, você pode encontrar em farmácias, aqui onde moro não consegui encontrar a Arovit em ampola, somente em comprimido, mas dai não dá para usar na nossa receitinha, se você não encontrar a Arovit, pode estar utilizando a Cetiva AE, essa vitamina é em gotas e bem mais em conta que a Arovit e funciona do mesmo jeito. Pingue da seguinte maneira: se você for utilizar somente no rosto, pingue 3 gotas sob as pomadas, se você for utilizar no rosto e pescoço pingue 6 gotas e se você for usar no rosto, pescoço e costas das mãos, pingue 9 gotas. Misture bem, até ficar uniforme e em seguida aplique no rosto, pescoço ou mãos, tomando cuidado sempre para não entrar nos olhos e boca. Pode passar uma pequena quantidade da mistura nas pálpebras.

IMPORTANTE!!!!!: ESSA MISTURA SÓ DEVE SER UTILIZADA A NOITE, ANTES DE DORMIR, ASSIM QUE ACORDAR TEM QUE RETIRAR, POIS SE PEGAR SOL COM ESSA MISTURA PODE MANCHAR. OUTRA DICA É QUE O CORRETO É UTILIZAR ESSA MISTURA INTERCALANDO OS DIAS, OU SEJA, UM DIA SIM E UM DIA NÃO.

Pessoal, posso falar por mim, consigo ver a diferença, estou usando essa misturinha tem 2 semanas e minhas olheiras começaram a diminuir, onde era ressecado (canto do nariz, queixo) não está mais ressecado, antes "soltava" pele, agora não mais. Eu não sou "velha" (kkkkk) tenho 26 anos, mas na minha mãe dá pra notar uma pequena diferença nas "marcas" de expressão. Galera que está na dúvida se faz ou não, posso dizer com toda certeza: FAÇA!! Minha mãe foi recente a uma consulta com o dermatologista e falou dessa receitinha, ele falou que é muito boa e que pode usar, desde que você não tenha alergia a nenhum dos componentes das pomadas e da vitamina.


Espero que tenham gostado, por favor, comentem, compartilhem, isso ajuda e muito na divulgação do blog. Por favor, coloquem nos comentários as postagens que vocês querem.

Sobre o canal no Youtube, em breve voltarei com mais vídeos, sei que estou devendo alguns para vocês, mas em breve vou voltar com o canal.

Canal do Blog: https://www.youtube.com/channel/UCoZmCbWsS3fJD5effBYrhtg
Fan Page do Blog: https://www.facebook.com/tudosobretalassemia/


sexta-feira, 3 de junho de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês?? Faz tempo que não posto, mas como sempre, correria do dia a dia.

Hoje venho aqui postar sobre um pedido de ajuda da ABRASTA - Associação Brasileira de Talassemia. A ABRASTA está precisando de doação do medicamento chamado Ferriprox e também de doação de bomba infusora. Se você tem uma bomba infusora que não esteja mais usando e que esteja em boas condições, por favor, entre em contato com a ABRASTA. Deixarei todas as informações ao final desta postagem. Conto com vocês!!

Para enviar a doação:

ABRASTA - Associação Brasileira de Talassemia
Endereço: Rua Pamplona, 518 - 5º Andar
Jd Paulista
CEP: 01405-000
São Paulo - SP

Se quiser ligar para obter mais informações antes de enviar a sua doação:
ABRASTA - 0800 773 9973/ (11) 3149 5190
Falar com Cristiane


Conto com a ajuda de vocês

BOMBA INFUSORA (PODE SER DESSE MODELO OU DE OUTRO)


FERRIPROX

BOMBA INFUSORA

BOMBA INFUSORA



FERRIPROX

























sexta-feira, 27 de maio de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Comigo está tudo bem. Andei sumida de novo, mas como sempre é a correria do dia a dia e esses dias passei muito mal na escola, mas agora estou bem.

Esses dias tive que adiantar a consulta porque passei mal, e pasmen, a hematologista (não irei citar nomes) me tratou super mal, falou que sou mimada, que sou mal acostumada, e que vou só crescer dos lados, me irritou tanto, e disse que a hemoglobina para transfusão tem que ser abaixo de 9 e disse que isso foi falado na conferencia de Recife e que meu organismo teria que se acostumar.

Agora digo a vocês, como posso reacostumar meu organismo?? Não tem como, estou a quase quatro semanas sem transfusão, muitas dores nas costas, muita canseira na perna e a médica ainda disse que tudo isso era frescura minha, pode isso produção?? Ela sabe o que eu passo?? Ela conhece meu organismo?? Eu tenho osteoporose e quando a hemoglobina baixa, sinto dores fortes na coluna, há ia me esquecendo de um detalhe importante sobre isso, ela nem perguntou o que eu passei mal, se tive febre ou alguma infecção, nem me examinou!!

Não sou obrigada a aguentar ofensas!! Mas Deus é fiel e minha "antiga" hemato vai voltar a me atender, graças a Deus!!

Bom, isso foi só um desabafo, minha vontade mesmo era de esfregar na cara da médica o Manual sobre Talassemia Beta do Ministério da saúde, lá fala tudo sobre talassemia, quantos que tem que ser a hemoglobina pré transfusional, quantos que tem que ser a hemoglobina pós-transfusional, fala sobre o tratamento quelante, fala sobre bastante coisa, e é de graça e todos podem e devem acessar, inclusive médicos inexperientes em talassemia!!

Segue um trecho do Manual

"A Hb pré‑transfusional deve ser mantida entre 9,5 a 10 g/dL, com intervalo transfusional entre 2 a 5 semanas, conforme as necessidades individuais de cada pessoa. Este regime transfusional permite atividade física normal, pro‑ move o crescimento adequado, inibe a atividade eritropoética da medula e minimiza o acúmulo de ferro transfusional. Se houver doença cardíaca ou outras condições (como, por exemplo, não su‑ pressão da eritropoese ineficaz expressada pela presença de hematopoese ex‑ tramedular ou esplenomegalia), deve‑se manter Hb pré entre 11 e 12 g/dL. Alguns pacientes com dor em região lombar (back pain) próximo ao período da transfusão podem precisar manter também Hb pré mais alta. A Hb média alvo deve ser de 12 g/dL. A Hb pós‑transfusional será entre 14 e 15 g/dL."

Link para acesso ao Manual: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/orientacoes_diagnostico_tratamento_talassemias_beta.pdf



domingo, 27 de março de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Sei que dei uma sumida, mas é correria do dia a dia, muito trabalho do curso pra fazer...

Bom, o post  de hoje vai ser novamente voltado ao título do blog: Talassemia

Por que devo doar sangue?

A doação de sangue é um ato de extrema importância, já que existem pessoas, como as com talassemia major, que precisam fazer transfusões de sangue a cada 20 dias em média, por toda a vida, a fim de corrigir a anemia e garantir que os tecidos recebam uma quantidade normal de oxigênio.

O que é talassemia?

A talassemia é uma desordem hereditária (transmitida de pais para filhos) e que produz anemia. O tipo mais comum é a talassemia minor, intermédia e major. Sem tratamento apropriado, o portador de talassemia major pode desenvolver anemia severa, deformidade óssea, problemas com o crescimento, sérias complicações de  saúde e até chegar a óbito.

Requisitos para doar sangue:

 - Ter boa saúde
 - Idade entre 16 e 69 anos
                 - Pesar acima de 50kg
                 - Não estar em jejum, mas evitar refeições gordurosas nas últimas 4 horas
                 - Dormir bem na noite anterior

DOE SANGUE, SALVE VIDAS!!



Encontre o local mais próximo de sua casa e faça sua doação de sangue : www.abrasta.org.br
ou ligue: 0800 773 9973





quinta-feira, 10 de março de 2016
Olá pessoal, vamos a mais um post. Hoje estou inspirada!!... Mais uma postagem voltada ao título do blog: Talassemia.
Pessoal peço por gentileza, se quiserem me dar alguma dica para as próximas postagens agradeço, creio que vou fazer uma enquete para saber o que vocês estão achando do blog, preciso que vocês opinem, deem dicas, peçam postagens, enfim me ajudem a crescer com o blog. Bom, sem mais delongas vamos a postagem.

    Criado em 2006, é um importante instrumento para médicos, cientistas e outros envolvidos com o tratamento da talassemia. Este protocolo é feito sob a liderança da Federação Internacional de Talassemia (TIF), e as informações representam o atual conhecimento e opinião consensual sobre o melhor tratamento para os pacientes.
    Publicado no início de 2014 pela Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, mostra a abordagem ideal caso a caso, desde o início da quelação até o monitoramento do paciente. Nele, os profissionais terão acesso a:


  •     Informações sobre cada um dos quelantes, desde para o que servem até seus efeitos colaterais;
  • Tratamento ideal para cada uma das faixas etárias;
  • Avaliação da sobrecarga de ferro cardíaca e hepática, medida pela tecnologia T2* (ressonância magnética) e também como tratar os que não têm acesso a este exame;
  • Gestação em pacientes com talassemia;
  • Diferenças de abordagem entre pacientes com boa adesão ao tratamento e pacientes que não o fazem corretamente.
    "Este documento foi criado a partir do conhecimento de cada um dos integrantes do Comitê Científico Médico da ABRASTA. Nossa intenção é informar a todos sobre como tratar a talassemia, mas é claro que cada paciente deve ser avaliado de maneira individual. Tudo vai depender de sua condição clínica. Em cada momento do tratamento, ele deve ser tratado diferente", disse a Dra. Mônica Veríssimo, hematologista do Centro Infantil Boldrini.

Postagem retirada do Info Abrasta
Edição 34|ano 11| Jan-Fev-Mar 2016
Página: 5


Bom, postagem dupla hoje voltadas ao título do blog: Talassemia

    Foi-se o tempo em que era baixa a expectativa de vida dos portadores de talassemia. Com todos os tratamentos disponíveis, as necessidades mudaram e hoje eles podem fazer dezenas de planos futuros, dentre eles o de realizar uma faculdade, ter filhos e construir uma importante carreira profissional.
    Mas ter uma longa vida - a idade média já passa dos 50 anos - além de representar grande felicidade para pacientes, familiares e especialistas, também passou a retratar novidades na maneira como o tratamento é visto e aplicado.
    A osteoporose e a infertilidade, são alguns dos problemas que podem surgir com o passar dos anos. Mas as complicações cardíacas são as que mais preocupam, segundo o Dr. Antonio Piga, diretor do Centro de Talassemia de Turim, Itália.
    " A sobrecarga de ferro pode ser bastante prejudicial, em especial para as pessoas mais velhas, pois ela torna altos os riscos cardíacos. Aliás, mesmo nas pessoas sem talassemia, este órgão também pode ficar enfraquecido devido à idade e maus hábito como o fumo e má alimentação. Por isso o acompanhamento médico e o autocuidado são importantes em todas as fases da vida", disse o Dr. Piga.
    Dentre os principais problemas no coração em portadores de talassemia estão a síndrome da falência cardíaca, hipertensão e edema pulmonar. Como sintomas, estão sensação de tremores, dificuldade respiratória, desfalecimento, dor abdominal e cansaço, mesmo ao fazer pequenos esforços.
    "Trombose, quando há entupimento dentro das veias, dificultando a passagem do sangue, e complicações renais, como pedras na vesícula, que causam muitas dores, também podem ser comuns em portadores de talassemia mais velhos. Mas é importante entender que é o estilo de vida e os hábitos que vão propiciar o surgimento - ou não - deles", explicou o médico.
    Então, se você quer viver momentos inesquecíveis ao lado de quem tanto ama, com longevidade, qualidade e alegria, nunca esqueça que as transfusões de sangue e quelação do ferro estão na lista dos itens a serem seguidos. Combinado?

Post tirado do Info Abrasta
Edição 34|ano 11| Jan-Fev-Mar 2016
Página: 13


Olá pessoal, tudo bem com vocês?? Comigo está tudo ótimo, hoje peguei o resultado do exame de ferritina e baixou mais uma vez. Estava 1589 e agora está 1215, fiquei muito feliz. Não baixou o tanto que estava esperando, mas está ótimo, devagar chego na minha meta,
Bom o post de hoje é sobre família do futuro para quem é portador de talassemia intermediária e major, em breve volto com o post de volta as aulas e resenhas!

    Se tem uma coisa que o passar do tempo não muda é a vontade de se construir uma família. É verdade que hoje as pessoas estão cada vez mais focadas nos estudos e trabalho, e até mesmo mais distantes, devido às redes sociais, mais encontrar o verdadeiro amor e ter crianças lindas correndo pela casa ainda é um sonho que muitos querem realizar.
    Há alguns anos, os portadores de talassemia tinham restrições quanto a ter um bebê. Hoje, isso mudou. A mulher com sobrecarga de ferro pode desenvolver um quadro conhecido como hiogonadismo hiogonadotrófico, resultando em retardo da puberdade e até mesmo infertilidade. Por este motivo, Dra. Rekha Bajoria, hematologista do Institute for Woman's Health, Inglaterra, aconselha às portadoras de talassemia engravidar o quanto antes.
    "Se você deseja ter uma família, filhos, você precisa começar cedo, pois com o passar do tempo, pode ficar mais difícil ter um bebê. É muito importante que o médico acompanhe o desenvolvimento da glândula hipotálamo, pois é comum apresentar problemas devido à sobrecarga de ferro, causando a infertilidade. Ela é responsável pelos hormônios que irão produzir o óvulo", explicou Dra. Rekha.
    70% das pacientes têm problema nessa glândula, por isso o tratamento é realizado com hormônios. "Damos hormônios, por meio de injeção, para que os ovários se desenvolvam e produzam óvulos, possibilitando a gravidez. Este é um procedimento demorado, e no primeiro mês pode falhar. Mas fiquem tranquilas, porque isso é normal", disse.
    Outras opções são o congelamento dos óvulos e fertilização. Converse com o médico e veja qual a melhor escolha para você.
    Semelhante ao que ocorre às mulheres, os homens com talassemia major e intermédia também podem desenvolver hipogonadismo hipogonadotrófico (infertilidade), caso a quelação do ferro não seja realizada corretamente desde os primeiros anos de vida.
    "A indução do esperma também é feita por meio de injeção de hormônios. Para os homens este procedimento é um pouco mais longo e pode demorar cerca de dois anos para apresentar o resultado. Por isso, se você está na puberdade, indico a criopreservação do esperma", comentou Dra. Rekha.
    O fato do homem ser portador da talassemia e realizar o tratamento quelante não exerce nenhuma influência à saúde do bebê. Inclusive, para aquele que pretende ser pai, não há necessidade de parar a quelação do ferro.

Post retirado do Info Abrasta
Edição 34| ano 11| Jan-Fev-Mar 2016
Páginas: 6 e 7


quinta-feira, 3 de março de 2016
E vamos para mais uma postagem da série voltada ao título do blog.

    Se ver curado da talassemia é um dos grandes desejos dos que realizam o tratamento, e na década de 80 o transplante de medula óssea (TMO) veio como uma importante opção para essa conquista.
    A medula óssea é um tecido líquido que ocupa o interior dos ossos e nela são produzidos os componentes do sangue. Quando é realizado um transplante, as células doentes são substituídas por células saudáveis.
    O transplante pode ser autólogo, quando as células são do próprio paciente, e alogênico, quando as células vêm de um doador 100% compatível. Também é possível realizar o transplante com o sangue do cordão umbilical.
    De acordo com o Dr. Nelson Hamerschlak, coordenador da Hematologia e Oncologia do Hospital Albert Einstein, para os portadores de talassemia,somente o transplante com doador é que pode ser realizado.
    Encontrar um doador compatível, infelizmente, é difícil, devido à miscigenação existente no Brasil. A primeira busca acontece na família, mas as chances são de 25% entre irmãos. O Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Òssea) também pode ser acionado para uma busca em todo o Brasil.
    Mas uma novidade chegou para facilitar este processo. "Hoje está ganhando um espaço enorme o transplante conhecido por haploidêntico, ou seja, quando o doador é apenas metade compatível. Neste caso, o pai ou a mãe podem ser doadores. Este programa está sendo utilizado amplamente na Tailândia, onde existe um grupo que estuda este tipo de transplante em pessoas com talassemia para que não haja muitos riscos de rejeição", falou o Dr. Nelson.
    Pessoas que têm talassemia e são dependentes de transfusão, de preferência abaixo dos 16 anos, que realizam a quelação corretamente e com doador compatível na família, são os primeiros da lista. Neste caso, as chances para a cura chegam a 92%.
    Também têm indicação: adultos, de 17 a 35 anos, pessoas que fizeram transplante, mas tiveram recidiva da doença e também aqueles que têm s beta talassemia, quando dependentes de transfusão. É importante ressaltar que cada caso deve ser avaliado individualmente, pelo médico.
    "Aqueles que não realizam a quelação e as transfusões de sangue corretamente, que têm o fígado aumentado e/ou fibrose, correm sérios riscos ao realizar o TMO. Por isso é fundamental seguir à risca o tratamento", alerta o Dr. Nelson.
    Não há medicamento, cirurgia ou tratamento que não tenha riscos. Com o transplante de medula óssea não é diferente. O problema mais comum é a doença do enxerto contra o hospedeiro. Isso acontece quando as células do doador reagem contra o organismo do paciente que as recebeu, e pode aparecer nas formas aguda e crônica. A primeira costuma ocorrer nos primeiros dois meses após o TMO, e pode comprometer a pele, fígado ou trato gastrointestinal. Já a segunda pode surgir até um ano após o transplante, e comprometer a pele, olhos ou pulmão.
    "Pois é, o transplante de medula óssea não acaba quando termina. Todo o cuidado será necessário, e o acompanhamento médico deverá ocorrer por um longo período, diz  Dr. Nelson.

Post tirado do Info Abrasta
Edição 34| ano 11| Jan - Fev - Mar 2016
Páginas 10 e 11


quarta-feira, 2 de março de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo, as aulas já começaram, mas vamos ao post de hoje, voltado para o título do blog.

    Conhecida como uma doença de idosos, a osteoporose atinge, na maior parte dos casos, pessoas acima dos 55 anos. Fatores como fumo e álcool podem acelerar o processo e, nos portadores de talassemia, ela pode ser um pouco mais precoce, caso o tratamento não seja feito corretamente.
    O osso é uma estrutura dinâmica, que naturalmente é renovada e reconstruída. A osteoporose ocorre quando o corpo deixa de realizar este processo. Então, se os ossos não se renovam como deveriam, ficam cada vez mais fracos e sujeitos a fraturas. As partes mais afetadas são o colo do fêmur, coluna, pelve e punho.
    Estar em dia com as consultas médicas é essencial, pois quanto antes constatar a doença, melhores serão os resultados no tratamento. Atualmente, o diagnóstico precoce é realizado pela densitometria óssea, exame que mede a densidade mineral do osso.
    "A osteoporose é apenas uma parte das doenças ósseas relacionadas com a talassemia. Ainda na adolescência, por volta dos 16 anos, fazemos um scan anual para prever possíveis fraturas. Existem casos de pacientes com 20 anos que já apresentam a doença, e dentre os motivos está a má formação óssea. Por isso é muito importante fazer o tratamento quelante desde cedo", segundo a Dra. Ratina Chatterjee, do Institute for Woman's Health, Inglaterra.
    O estilo de vida também pode ser um fator importante para o surgimento - ou não - da osteoporose. "Ficar sentado na frente do computado o dia todo não ajuda. É necessário se movimentar, fazer exercícios como nadar, caminhar, andar de bicicleta", comentou Dra. Ratina.
    A dieta também não pode ser deixada de lado. Os alimentos lácteos, como leite e queijos, são ricos em cálcio. Vegetais de cor verde escura, peixes e frutas como a laranja e a maçã também contém este mineral. Receber vitamina D ao se expor ao sol também é fundamental para fortalecer os ossos. "O tratamento é feito por meio de medicamentos, para estimular a formação do tecido ósseo", explicou a especialista.
    Dentre as opções estão hormônios sexuais e bisfosfonatos. Tudo vai depender do quadro clínico do paciente e é o médico quem definirá qual será usada.

Postagem tirada do Info Abrasta
Edição 34/ ano 11/ Jan-Fev-Mar 2016
Página: 12




quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Bom, por esses dias até minhas aulas voltarem, vai ter postagem todos os dias, quando minhas aulas voltarem, as postagens acontecerão umas três vezes por semana.
Sei que estou devendo alguns vídeos para vocês e por essa semana vai ter alguns, entre eles rotina de um talassêmico, rotina do dentista, rotina volta as aulas e creio que hoje (se o computador colaborar e o sr. youtube também) terá o primeiro vídeo de recebidos do canal (primeira parceria) e em breve também terá o vídeo de dicas de maquiagem para a escola/faculdade (dia e noite).

A postagem de hoje vai ser voltada para o título do blog: talassemia. Hoje falarei sobre o acúmulo de ferro no fígado e os cuidados, espero que gostem!

O acúmulo de ferro, como vimos, é bastante prejudicial ao organismo. Mas quando ele acontece no fígado, a atenção deve ser redobrada. Localizado ao lado direito do abdômen, o fígado tem funções múltiplas e fundamentais para o funcionamento do corpo. Dentre elas estão: armazenar glicose, para garantir o suprimento de energia; produzir proteínas nobres, como a albumina, uma substância muito importante por manter a água dentro da circulação e evitar edemas; e filtrar micro-organismos, que são responsáveis por segurar bactérias que transmitem infecções.

Quando há excesso de ferro, o fígado sofre diversas lesões. A regeneração das células é comum neste órgão, mas se a lesão não for tratada, as células mortas, em vez de serem expelidas, são substituídas por um tecido fibroso, causando a chamada fibrose hepática. A cirrose também pode surgir devido ao acúmulo de ferro no fígado, mas o câncer é o que mais preocupa atualmente.

De acordo com o Dr. Kleber Fertrin, hematologista do Hemocentro da Unicamp, nos últimos anos a incidência aumentou nos portadores de talassemia. Aqueles com mais de 40 anos, e portadores de talassemia intermédia, correm um maior risco. "O acúmulo de ferro com certeza é um importante vilão. Para se ter uma ideia, o fígado dos portadores de talassemia absorve cerca de 200mg de ferro, bastante acima do normal. Então, para evitar o hepatocarcinoma (câncer no fígado), é necessário o controle do ferro e a quelação correta. Ter uma dieta balanceada, com uma alimentação que não favoreça o acúmulo de gordura na região, e sempre evitando o álcool, também é importante", disse Dr. Kleber.

Nos estágios iniciais, o hepatocarcinoma é curável. Por isso, é fundamental realizar o monitoramento por meio de exames como ultrassonografia de abdômen, que ajuda no diagnóstico. "O tratamento pode ser feito com a remoção cirúrgica ou por meio da radiofrequência. Nos pacientes em situação muito grave, somente o transplante de fígado poderá ser curativo. Neste tipo de câncer, a quimioterapia é paliativa e definitivamente nós não queremos que o paciente precise chegar nesta fase. Mas é importante ressaltar que, tratar a hepatite crônica ativa, também é fundamental para a obtenção de melhores resultados", comentou o médico.

Retirado do Info Abrasta; Edição 34; ano 11; Jan-Fev-Mar 2016
Página: 6


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Estou ótima, muito ansiosa para minhas aulas começarem, só dia 29/02....logo chega!!
No post de hoje vou dar uma super dica que está funcionando comigo. Mas essa dica é só para ajudar a baixar a ferritina, por favor, sigam corretamente o seu tratamento quelante, só assim essa dica vai funcionar.
Bom, hoje venho passar para vocês uma super dica que peguei com uma super amiga na Conferência de Talassemia da  ABRASTA  realizada em Agosto de 2015 no Hotel Tauá em Atibaia - SP, essa super dica tem me ajudado a diminuir a minha ferritina, vou resumir para vocês um pouco da minha história. Nasci uma bebê normal, aos seis meses foi detectada a talassemia e já comecei a transfundir, com as transfusões de sangue regulares, começou a acumular ferro, com seis anos iniciei meu tratamento quelante, na época só existia o Desferal. Teve uma época que fiquei dois anos sem o Desferal, pois o mesmo me causou uma alergia que hoje sei que é comum (vermelhidão na pele onde foi aplicado o medicamento), meu hematologista suspendeu. Minha ferritina disparou, na época (2008) estava 6.800. Na conferência de 2014, minha querida, meu espelho, Merula E. A. Steagall  me deu uma luz, falou para eu tentar a combinação do desferal com o ferriprox, minha ferritina estava em 4.800 com acúmulo de ferro cardíaco e hepático moderado. Conversei com minha hemato, na época Dra. Tatiana Takahashi Higa, hoje diretora do Hemocentro Regional de Maringá, para tentarmos a combinação dos dois quelantes e o resultado não podia ser melhor. Hoje minha ferritina está em 1.589, com acúmulo de ferro cardíaco leve e fígado sem acúmulo de ferro.
Na conferência de 2015, minha super amiga me passou uma dica que comecei a por em prática tem uma semana. A dica é, além de seguir a risca o tratamento quelante, tomar chá preto, sim chá preto. Minha hemato já tinha me falado nisso, mas na época não dei muita bola (rebeldee...rsrsrs). Depois que ela me contou como o chá preto ajudou a diminuir a ferritina dela, comecei também a seguir essa dica. Eu tomo uma xícara de chá preto todos os dias, mas uma dica legal também é você substituir a água pelo chá preto, pode consumir ele gelado ou quente, tem que ser sem açúcar. Eu, assim que começar as aulas com certeza levarei uma garrafinha com o chá!.
Achei uma publicação em um site que fala o seguinte sobre o chá preto: Os taninos não podem ser consumidos em abundância, pois inibem a absorção de outros nutrientes importantes, especialmente o ferro e aminoácidos. Uso de chá preto, verde e café também diminui a absorção de ferro.Um chá preto que recomendo muito (que estou tomando) é da marca Twings, eu encontro em mercados grandes, não é muito barato, custa em média de R$7 reais a caixa com 10 saches, eu tomo os de sabores doces, como frutas vermelhas e o de cassis. Estou ansiosa para ver se está funcionando. Uma dica importante, é mesmo tomando o chá, não deixe de tomar os seus quelantes, eles é que fazem o efeito maior de eliminar o excesso de ferro, o chá apenas auxilia, ele não tem poder suficiente de eliminar o excesso de ferro sozinho!! Sempre sigam as recomendações de seu hematologista. Na minha última consulta, conversei com meu hemato, Dr. Francismar Prestes Leal sobre o chá preto, ele me falou a mesma coisa que a Dra. Tatiana, ele ajuda, mas não atua sozinho, seguir a risca o tratamento quelante é muito importante para o sucesso de seu tratamento! deixarei aqui uma imagem do chá que estou tomando. Beijos a todos e a todas. Rumo a ferritina 200. 



terça-feira, 16 de fevereiro de 2016
Dicas de make para o dia (escola/faculdade - manhã ou tarde)

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo, sei que dei uma boa sumida mas estou de volta. Vamos ver se consigo manter o cronograma que estou planejando: duas a três postagens no blog por semana/ 2 á 3 vídeos no canal do blog por semana.
Estamos em Fevereiro, mês do volta as aulas para  a maioria dos estudantes, as minhas aulas voltam somente dia 29 de Fevereiro, a maioria sei que já voltou. Venho hoje com este post: dicas de make para o dia. Como a maioria de vocês sabem, sou maquiadora profissional, então resolvi dar algumas dicas de maquiagem para a escola ou faculdade durante o dia, seja de manhã ou a tarde essas dicas de hoje vão ser preciosas (em breve o  vídeo).
Sem mais delongas vamos ao post de hoje.
Primeira dica: use protetor sempre!! Antes de começar a sua make, com a pele já limpa, passe uma camada generosa de protetor solar, é muito importante proteger a sua pele não somente dos raios solares, as luzes também podem ajudar a prejudicar sua pele, por isso a importância de usar o protetor solar.
Após passar o protetor solar, é importante também hidratar sua pele. Se você tiver um creme hidratante que já contenha proteção, pode dispensar o uso do protetor, caso contrário, deve-se usar tanto o protetor quanto o creme hidratante. Após esses cuidados, como maquiadora, recomendo que se vocês gostam de uma pele natural, sem muita maquiagem, use um bb cream ou uma base de cobertura baixa, assim sua pele ficará com uma cobertura leve, sem exageros.
Se o bb cream tiver proteção solar, também pode dispensar o uso do protetor solar. Um bb cream que estou amando é o da Kleancolor, ele tem uma cobertura potente sem deixar a pele com aspecto que tem um monte de maquiagem, a pele fica com cobertura leve. Outro que experimentei e super aprovei é o bb cream da vult, ele já contém fator de proteção solar (FPS 35), além de ter o toque seco, super indico. Deixarei aqui a foto e o link da onde vocês podem encontrar e com um precinho bem camarada.


Pó compacto: Ás vezes costumo passar depois do bb cream, mas isso vai da preferência de cada um.

Segunda dica: Blush. Se você gosta de dar uma corzinha a sua maçã do rosto, prefira usar os tons de blush rosa ou salmão, mas cuidado, não exagere na quantidade no pincel, ou você vai ficar parecendo que levou uma chinelada na cara... Se você não curti blush, pode substituir por um bronzer bem leve!
Contorno: Durante o dia não costumo usar contorno, mas se você gosta, não exagere! Faça um contorno bem leve, usando apenas o meio tom e um iluminador bem leve.
Terceira dica: Corretivo. Se você não dispensa um corretivo igual eu, opte por um corretivo da cor de sua pele, passe ele nas olheiras e manchas que deseja esconder e dê leves batitinhas para cobrir melhor. Uma dica: use uma esponja queijinho (ou pizza), mas não passe puxando, de leves batidinhas, assim o corretivo cobre melhor. Passe o corretivo após o creme hidratante, antes do bb cream ou da base!
Lápis de olho: Recomendo você usar um lápis de olho na cor bege, além dele abrir o olhar, ele dá uma cara de quem acordou feliz da vida. O lápis preto pesa muito o olhar para usar durante o dia, mas se você gosta do lápis preto, não exagere, na hora de passar não pese na mão. Como eu estudo a noite, eu capricho no lápis preto, mas se eu estudasse durante o dia com certeza optaria pelo lápis bege.
Sobrancelha: Não vivo sem corrigir minhas sobrancelhas, se você é assim como eu, existe um kit de sobrancelha que estou amandoooo muitoooo. Antes eu usava o lápis para sobrancelha da vult, ele é bom, mas não gostei muito da textura, ele deixou minha sobrancelha com aspecto oleosa. Esse kit de sobrancelha da kleancolor é muito top, super recomendo! Deixarei a foto do kit e também de onde você pode encontrar.


Sombra: Não costumo usar sombra durante o dia, mesmo estudando a noite as vezes eu passo somente uma sombra marrom terra para marcar o côncavo e dou uma esfumada de leve, não gosto de maquiagem pesada para a escola/faculdade, mesmo sendo a noite. Se você gosta de usar sombra para ir a escola, opte por uma sombra fosca e de cores bem clarinhas como o rosa bem claro, ou igual eu uso, um marrom terra somente para marcar o côncavo e uma leve esfumada (nada de exageros, afinal, você está indo para a escola e não para uma balada)
Delineador: Amo usar o delineador, como disse anteriormente, estudo a noite, então ás vezes gosto de fazer um delineado gatinho, nada exagerado. Durante o dia, se você tem costume e gosta de usar o delineador, não exagere, faça apenas um delineado fino, sem marcar muito. Fica super leve e natural.
Quarta dica: Lápis nos cílios superiores. Usar lápis nos cílios superiores dá a impressão de que os cílios são maiores, não passe em cima dos cílios superiores como um delineador e sim passe abaixo dos cílios superiores, farei um vídeo com as dicas de make para dia e explicarei como usar o lápis na linha dos cílios superiores (lápis preto)
Rímel: Amo demais rímel, a noite costumo passar umas 4 ou 5 camadas (depende da inspiração do dia, ás vezes passo mais), mas para o dia recomendo você passar no máximo umas duas camadas do seu rímel favorito. Ele deixará seus cílios com aspecto de maiores mas sem exagerar. Um dos meus favoritos é o rímel da Maybelline, o The Colossal.

Bom, maquiagem para escola tem que ser leve, sem nada de exagero. A noite pode exagerar um pouco, mas nada de fazer maquiagem parecendo que vai para um carnaval ou para uma balada, mesmo sendo a noite é escola, maquiagem leve sempre!! Em breve farei dois vídeos de dicas de make para a escola, uma make para o dia e uma make para a noite (a que geralmente eu uso)

Espero que tenham gostado da postagem de hoje, um grande beijo a todos e a todas!


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016
Olá minhas lindas hoje venho com a primeira resenha de produtinhos do ano e com a primeira super novidade do blog.

Estou de parceria Nova...até que enfim, a primeira parceria do blog. Estou desde o ano passado tentando conseguir parceiros para o blog, mas vou confessar que está sendo um pouco difícil, está sendo bem complicado, mas graças a Deus consegui a primeira parceria para o blog.

A loja parceira do blog é a Jane's Concept importados, é uma loja online de cosméticos e acessórios, uma ótima loja com preços ótimos e produtos melhores ainda. Para começar essa nova parceria, a Jane's Concept me forneceu alguns produtos para testar e divulgar aqui para vocês. Os primeiros a serem divulgados são o kit de pincéis básicos para a face e a paleta de corretivos da Bh Cosmetics.

São produtos importados e de ótima qualidade. Durante meu curso de maquiadora, utilizei em minhas aulas práticas os dois produtos, e confesso, me apaixonei. A cobertura dos corretivos são ótimas e os pincéis não soltam fios, diferente de algumas marcas que já testei e reprovei!

Começarei falando sobre os pincéis. Eles são sintéticos mas tem toque macio, o mais impressionante neles é que não soltam fio e dá um acabamento especial a maquiagem.



Paleta de corretivo: é um ótimo produto, por ser em paleta facilita muito na hora de fazer uma produção ou até mesmo uma maquiagem para o dia a dia, tem toque seco e uma ótima cobertura. O bom da paleta é que tem vários tons de pele, do mais claro ao mais escuro, se você precisa de um corretivo colorido, basta misturar o corretivo do seu tom de pele com uma sombra da cor do corretivo que você deseja. Em breve, no blog e no canal do blog para youtube postarei um DIY: como fazer corretivos coloridos e usarei os corretivos dessa paleta.



Ainda essa semana pretendo fazer um vídeo para o canal com alguns produtos recebidos dessa nova parceria! Vocês precisam conhecer essa loja maravilhosa, recheada de produtos maravilhosos, vale a pena conferir!







Espero que gostem do post de hoje, em breve mais resenhas e logo o vídeo prometido!







terça-feira, 26 de janeiro de 2016
Olá pessoal, tudo bem com vocês? Comigo está tudo bem, depois de um resfriado chato! Fiquei um tempinho sem postar por conta do resfriado e por conta das consultas e exames que tive que fazer. Ainda essa semana tenho mais um exame para fazer, da bateria de exames que meu hematologista passou.

Bom, o post de hoje vai ser voltado ao título do blog, muito em breve terá algumas resenhas de produtinhos, aguardem!

Todos os envolvidos com a talassemia ouvem muito falar sobre o acúmulo de ferro, e o quanto ele é prejudicial. Mas você sabe exatamente como ele acontece?

O ferro é um dos elementos que mais existem na Terra. Quase todos os seres vivos precisam dele para sobreviver.E nós também. Ele é importante, inclusive, para o transporte de oxigênio em nosso corpo - 70% do ferro está nos glóbulos vermelhos. Mas quando ferro e oxigênio se encontram, um grande problema surge, pois o ferro se torna tóxico.

O intestino é o principal órgão que controla a quantidade de ferro no corpo. Com as transfusões de sangue, a quantidade de ferro presente no organismo irá dobrar, e então o intestino não conseguirá mais fazer este trabalho de forma correta, permitindo que o ferro se espalhe pelo corpo e se acumule em órgãos importantes, como o fígado e o coração.

E é neste momento que os quelantes devem entrar em ação. De acordo com o Dr. Fernando Tricta, vice-presidente de assuntos médicos da ApoPharma, o tratamento deve ser iniciado o quanto antes - se possível, aos dois anos de idade. "A quelação depende única e exclusivamente do paciente. Não adianta prescrevermos e o paciente não fazer o procedimento.Tem que fazer. Apenas realizando este procedimento de forma correta, é que a ferritina será normalizada", enfatizou Dr. Tricta

São três os quelantes disponíveis no Brasil: Desferal, administrado via bomba infusora; Ferriprox, oral; Exjade, também oral, com o comprimido dissolvido em água. Segundo o Dr. Thomas Coates, do Children's Hospital (USA), este último tem maior vida útil no organismo. "O Desferal tem duração de cerca de 30 minutos, por isso a necessidade de ser administrado por tanto tempo no corpo. O Ferriprox dura cerca de 3h a 4h, então é importante tomar três vezes ao dia. Lembrando que para o coração, essa é a melhor opção. Já o Exjade circula por 24 h no organismo, e para uma melhor absorvição, é possível dividir a pílula em dois e ingerir duas vezes ao dia".

Ele também falou sobre uma quarta opção de quelante, já utilizada nos Estados Unidos. "Há cerca de seis meses, os pacientes estão utilizando o Jadenu. É um comprimido que não precisa ser dissolvido. Os prognósticos até o momento são muito bons, mas ainda é novo", disse o Dr. Coates.

Os quelantes podem ser combinados - mas apenas dois deles podem ser usados em conjunto. "É possível dobrar a retirada do ferro do organismo fazendo a quelação de ferro combinada. Mas de novo, os bons resultados irão depender só de você", disse o Dr. Tricta.

Assim como com qualquer outro medicamento, os quelantes de ferro podem apresentar - ou não - alguns efeitos adversos quando administrados. Problemas renais, na visão e também na coluna são alguns deles. Mas são as infecções que mais preocupam.

Segundo o Dr. Fernando Tricta, nos últimos dez anos, um grupo de estudiosos tem avaliado todos os casos de agranulocitose e neutropenia (nomes dados para a diminuição de glóbulos brancos, facilitando o aparecimento de infeções) que surgiram em pessoas com talassemia e foram observados em estudos clínicos na literatura ou levados à vigilância sanitária.

"Observou-se que a neutropenia é mais comum na infância e mais frequente em pessoas do sexo masculino. Na maior parte dos casos, ela se resolve naturalmente, mas é muito importante que o médico acompanhe de perto, pois em alguns casos pode ser necessário suspender o tratamento. Já a agranulocitose, além de atingir mais crianças, também afeta pessoas mais idosas, 60% dos casos surgiram nos primeiros seis meses, e 80% após 1 ano de tratamento. No geral, os portadores de talassemia demoraram 11 dias para apresentar melhora na infecção contraída e, em alguns, casos até três meses para a cura", comentou Dr.Tricta.

Fique sempre atento aos sinais do seu corpo. Se perceber qualquer mudança, em especial uma febre, converse com seu médico!

Post tirado do Info Abrasta; edição 34; ano 11; Jan - Fev - Mar 2016
Páginas: 4 e 5




sexta-feira, 8 de janeiro de 2016
Olá pessoal, bom dia! Tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo graças a Deus!

Pessoal, venho através desse post pedir ajuda de vocês, se alguém tiver em casa uma bomba de infusão Crono que não esteja usando, por favor, entre em contato comigo. No Hemocentro que eu me trato tem uma criança precisando dessa bomba de infusão, ela usa uma bomba que era minha e eu doei para ela, porém a bomba é muito grande para a idade dela e as vezes ela não quer usar por causa do tamanho da bombinha e porque incomoda ela.

Se você tiver uma bombinha dessa, por favor entra em contato comigo. Pode ser pelo blog mesmo ou pelo meu email

ferrebeque@gmail.com
feferebeque_2@hotmail.com
ferrebeque@hotmail.com

Agradeço de coração e que Deus abençoe muito vocês

Foto da bombinha (essa é a minha)

terça-feira, 5 de janeiro de 2016
Oi pessoal, tudo bem com vocês? Como passaram o fim de ano? Espero que bem! Primeiro post do ano e já começo com assunto de volta as aulas. Sei que estamos no início do ano, mas logo logo (4 semanas) já é carnaval e logo começam as aulas para a maioria dos estudantes, as minhas começam dia 29 de Fevereiro. Peço desculpas pois tive que excluir o vídeo do meu material escolar desse ano do canal por problemas técnicos, mas já estou postando outro e o link vai estar no post do Meu Material Escolar 2016.

Hoje venho com o primeiro post de Volta ás Aulas (sem ser a parte do material escolar) que é dicas de estudo e organização. No canal do blog, vai ter um vlog ou VEDA da minha rotina de volta as aulas (primeiro dia de aula).
Vejo que não tem muitos post como esse nos blog's que visito, por isso acho válido eu postar sobre esse assunto aqui, apesar que o título do blog não tem muito haver com escola, moda, essas coisas, mas acho bom de vez em quando dar uma variada para não ficar só falando de doença!
Bom, sem mais alongar o assunto vamos para o post de hoje.

Eu não me considero CDF, me considero apenas estudiosa, então resolvi fazer este post, aproveitando que logo logo as aulas começam novamente, Se vocês gostarem, me avisem que farei mais post's como esse, combinado?

Então vamos lá, algumas dicas de estudo e organização!

A primeira dica, não lote sua mochila com coisas que realmente não são necessárias, encher a mochila com coisas desnecessárias só vai fazer você se perder, ai você pode acabar se esquecendo de coisas mais importantes. Mantenha sempre sua mochila organizada!


Faça um mural no seu quarto! Faça um mural com post it no seu quarto, neles você pode escrever seus compromissos da semana, data de provas, trabalhos, tarefas pendentes; isso ajuda e muito na hora de estudas!

A agenda pode lhe ajudar e muito também na hora de estudar, nela você pode anotar data das provas e o conteúdo a ser estudado, data de trabalhos. Nela você vai anotar tudo , com isso você fica mais atento e não se esquece de nada.

Canetas coloridas além de dar um charme no caderno, elas ajudam na hora de destacar algum título importante a ser estudado.

Beba bastante água. Onde eu vou sempre tenho uma garrafinha ou um copo com bastante água gelada, não fico sem água! Se seu corpo está hidratado, automaticamente você vai se sentir bem e assim seu cérebro vai absorver melhor tudo o que você estudar, por isso sempre tenha um copo de água na sua mesa de estudos quando você for estudar e sempre leve uma garrafinha de água pra escola!!!


ORGANIZE SEU TEMPO!! Essa é uma das dicas mais importantes, saiba direitinho as horas que ficam melhor pra você estudar, descansar, dormir, etc. Não faça nada correndo e nem fique parado vendo o tempo passar. Saiba administrar suas tarefas e escolher o melhor horário pra você!!!!!!

Não se distraia enquanto estuda, nada de ficar na internet vendo coisas não relacionadas ao seu estudo, não escute música quando estiver estudando, hora de estudar é hora de estudar! Mas é claro que você tem que tirar um tempinho para você se divertir, ler um livro, ouvir música, fazer coisas que você gosta de fazer!

Confira todo seu material antes de ir pra escola, veja se tudo o que precisa está na mochila. Anote TUDO, preste atenção na aula. A pior coisa é ficar com conversa durante a explicação do professor. Não deixe seu material fora da bolsa, isso faz com que os seus materiais fiquem limpos e não corre o risco de serem esquecidos em casa.

Sem estresse na hora da prova, se você estressado com certeza irá esquecer do que estudou e irá mal na prova. Não estude em cima da hora, reserve um tempo de estudo todos os dias, de pelo menos uma hora, revise os assuntos um dia antes da prova e dê outra revisada no dia da prova, mas nunca em cima da hora.

É bom levar com você uma necessaire com alguns produtinhos, na minha levo: escova de dente, pasta de dente, enxaguante bucal, um gloss ou batom que eu esteja usando no dia, absorventes (sem coments...rsrsrs), lápis de olho, rímel.


Espero que gostem da dicas, o próximo post (e vídeos também) vai ser dicas de maquiagem para volta as aulas, essas dicas vai ter em vídeo também com um passo a passo de makes para quem estuda de manha, para quem estuda a tarde e para quem estuda assim com eu a noite!! Fiquem ligadinhos e se inscrevam no canal do blog no Youtube!!